Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Ciclo de Debates 2016

Publicado: Sexta, 29 de Abril de 2016, 13h07

  

14º DEBATE: REPOSITÓRIO DE PRESERVAÇÃO DIGITAL ARQUIVÍSTICO NA CÂMARA DOS DEPUTADOS

15º DEBATE: A PRESERVAÇÃO DIGITAL NA VISÃO DA ARQUIVOLOGIA

 

    

11º DEBATE: A PRESERVAÇÃO DE

DOCUMENTOS ARQUIVÍSTICOS

12º DEBATE: MUDANÇA

LINGUÍSTICA E REPOSITÓRIOS

DE PRESERVAÇÃO DIGITAL

13º DEBATE: ESTRATÉGIAS DE

PRESERVAÇÃO EM REPOSITÓRIOS

INSTITUCIONAIS

 

    

8º DEBATE: GESTÃO DE DADOS CIENTÍFICOS

9º DEBATE: PRESERVAÇÃO DIGITAL DE ARQUIVOS AUDIOVISUAIS PUBLICOS

10º DEBATE: PRESERVAÇÃO DIGITAL DE TESES E DISSERTAÇÕES

 

    

7º DEBATE: CURADORIA DIGITAL E DE CONTEÚDOS

6º DEBATE: A CURADORIA DIGITAL E NOVAS TECNOLOGIAS 

5º DEBATE: OS 3 PASSOS DA DIGITALIZAÇÃO

 

    

4º DEBATE - DIGITALIZAR NÃO É PESERVAÇÃO DIGITAL

  3º DEBATE - PRESERVAÇÃO DA ARTE DIGITAL

_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

15º DEBATE - A PRESERVAÇÃO DIGITAL NA VISÃO DA ARQUIVOLOGIA

Data: 29 /11 - Terça-Feira

Horário: 14h as 15h (Horário de Brasília)

Apresentador: Humberto Celeste Innarelli

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

14º DEBATE: REPOSITÓRIO DE PRESERVAÇÃO DIGITAL ARQUIVÍSTICO NA CÂMARA DOS DEPUTADOS: UM PROJETO EM CURSO

Dia: 25/10 - Terça-feira.

Horário: 14h00 às 15h00 (Horário de Brasília) 

Apresentador: Vanderlei Batista dos Santos

Resumo: Uma instituição de quase duzentos anos de existência e cuja ação e importância para a história do país está registrada em seus acervos documentais tem que se preocupar e agir no intuito de garantir a preservação dessa memória nacional. O acervo arquivístico em suportes tradicionais tem seu acondicionamento realizado em obediência a padrões internacionais de controle de acesso e de condições ambientais. Todavia, até recentemente, o acervo digital não vinha recebendo essa mesma atenção, a despeito da alta produção institucional. No intuito de confrontar a situação e definir os primeiros passos visando sua solução, em 2012, foi aprovada a política de preservação de documentos digitais da Câmara dos Deputados que, dentre seus objetivos, incluiu a necessidade de implantar um repositório institucional próprio para a preservação digital. Essa exposição visa apresentar o caminho percorrido pela instituição, incluindo questões teóricas e decisões técnicas e administrativas, na consecução deste objetivo.

_____________________________________________________________________________________________________________________________________________

13º DEBATE: ESTRATÉGIAS DE PRESERVAÇÃO EM REPOSITÓRIOS INSTITUCIONAIS

Data: 29/09 - Quarta-feira

Horário: 14h as 15h (Horário de Brasília)

Apresentadora: Elisângela Alves de Moura

Bibliotecária pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2002); especialização em Gestão Estratégica em Sistemas de Informação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte(2005); mestrado em Ciência da Informação pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. Atualmente é Bibliotecária/Documentalista da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Ementa: Repositórios institucionais lidam com a produção intelectual de uma determinada instituição. Porém, o ambiente tecnológico no qual se inserem é frágil, e expõe os formatos e suportes à obsolescência. Com isso, a preservação digital, enquanto conjunto de processos que visa garantir a salvaguarda e acesso de longo prazo a essa produção, ganha fundamental importância. Nesse contexto será abordado um conjunto de requisitos mínimos criado e direcionado para a UFRN e seu repositório institucional. O conjunto é voltado principalmente para a preparação dos documentos, visando tratá-los, para que sejam inseridos de forma adequada no repositório, agregando novos processos que possibilitem a preservação e o acesso de longo prazo à produção da UFRN. 

_______________________________________________________________________________________________________

12º DEBATE: MUDANÇA LINGUÍSTICA E REPOSITÓRIOS DE PRESERVAÇÃO DIGITAL

Dia: 14/09 - Quarta-feira

Horário: 14h00 às 15h00 (Horário de Brasília)

Apresentador: Ernesto Carlos Bodê

Ernesto Bodê, é Doutor e Mestre em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília através de pesquisas sobre preservação de documentos digitais. Possui graduação em Biblioteconomia pela Universidade de Brasília, além da graduação em Arquivologia pela mesma universidade. Possui experiência profissional como Gestor de Documentos em diferentes suportes, incluindo fotografias digitais, documentos sonoros, além daqueles em suportes tradicionais como o papel e microfilme. Como pesquisador, atua principalmente em pesquisas nos seguintes temas: preservação de documentos digitais, gestão documental, arquivos e bibliotecas digitais. Como profissional, atua como Analista de Documentação na Câmara dos Deputados em Brasília no Centro de Documentação.

________________________________________________________________________________________________________

11º DEBATE: A PRESERVAÇÃO DE DOCUMENTOS ARQUIVÍSTICOS

Dia: 31/08 - Quarta-feira

Horário: 14h00 às 15h00 (Horário de Brasília)

Apresentadora: Neiva Pavezi

Neiva Pavezi, arquivista da Universidade Federal de Santa Maria. Bacharel em Arquivologia e Mestre em Patrimônio Cultural pela UFSM. Produziu a exposição de imagens "O Passado em Construção" integrante das atividades alusivas ao cinquentenário da UFSM. É autora do e-book "Manual do Usuário do ICA-AtoM para a Língua Portuguesa-BR" e ministra cursos de capacitação para descrição arquivística utilizando o software ICA-AtoM. Atua em pesquisa nas áreas de Patrimônio cultural, Memória institucional, Acervos audiovisuais, fotográficos e sonoros; Digitalização, Preservação de documentos digitais, Repositórios digitais e sistemas de informação.

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

10º DEBATE: PRESERVAÇÃO DIGITAL DE TESES E DISSERTAÇÕES

Dia: 17 de agosto 2016 - Quarta-feira

Horário: 14h00 às 15h00 (Horário de Brasília)

Apresentador: Ricard de la Vega

Ricard de la Vega, pós-graduado em Gestão de Big Data pela UPC - Business and Professional School (2015); Mestre em Inovação Empresarial e Empreendedorismo (2012-2013). Gerente de computação e aplicações do Consorcio de Serviços Universitários de Catalunya (CSUC). Possui vínculo com a Universidade Autônoma de Barcelona. Professor no Proyecto Universidad Empresa - PUE (2002-2006). Líder Especialista de repositórios e portais de informação - CESCA (2007-2009); Especialistas em sistemas - CESCA (2003-2006); Analista/Programador - Partal, Maresma y Associats (2002-2003) e Argus.net Tecnologia Creativa (2002).

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________

9º DEBATE: PRESERVAÇÃO DIGITAL DE ARQUIVOS AUDIOVISUAIS PÚBLICOS

DIA: 03 de agosto - Quarta-feira.

HORÁRIO: 14h00 às 15h00 (Horário de Brasília)

APRESENTADOR: Rubens Ribeiro Gonçalves da Silva

Rubens Ribeiro Gonçalves da Silva é Professor titular do Instituto de Ciência da Informação (ICI) e do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI) da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Doutor em Ciência da Informação pelo IBICT, em convênio com UFRJ-ECO. Mestre em Artes Visuais (UFRJ-EBA). Graduado em História pela Universidade Santa Úrsula (Bacharelado e Licenciatura, RJ, 1989) e como Oficial de Intendência da Marinha pela Escola de Formação de Oficiais da Reserva da Marinha (1979). É líder do Grupo de Estudos sobre Cultura, Representação e Informação Digitais (CRIDI, UFBA, CNPq, 2005). Pesquisa e publica na área da Ciência da Informação, com ênfase nas temáticas da salvaguarda de patrimônio documental audiovisual, fotográfico e sonoro, digitalização, preservação digital e epistemologia da informação.

Ementa: Apresenta percurso e resultados parciais de pesquisa científica cujo principal produto será um modelo de repositório destinado ao acesso remoto a versões digitais nativas ou resultantes de processos de conversão de itens constituintes de acervos audiovisuais públicos de instituições brasileiras e de outros países de idiomas de origem latina. A iniciativa, denominada Legatum, constitui-se em uma série de ações coordenadas ao redor de um repositório aberto, multi-idiomas e colaborativo, baseada em uma plataforma digital compatível com normas arquivísticas internacionais.

______________________________________________________________________________________________________________________________________

8º DEBATE - GESTÃO DE DADOS CIENTÍFICOS

DIA: Terça Feira dia 26 julho de 2016

HORARIO: 14h a 15h

APRESENTADOR: Fabiano Couto Corrêa da Silva

Fabiano Couto Corrêa é doutorando em Información y Documentación en la Sociedad del Conocimiento (Universidad de Barcelona), Professor do Instituto de Ciências Humanas e da Informação (ICHI) da Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Santa Catarina (2008), Graduado em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2002). Leciona para os cursos de Biblioteconomia, Medicina, Turismo Bi-Nacional, História e Mídias na Educação. Atualmente desenvolve pesquisas sobre modelos de gestão de dados científicos, com ênfase para dados oceanográficos.

_______________________________________________________________________________________________________________________________________________

7º DEBATE: A CURADORIA DIGITAL E DE CONTEÚDOS

DIA: Quarta-Feira dia 20 de julho de 2016

HORÁRIO: 14h a 15h

APRESENTADOR: Laura Vilela Rodrigues Rezende.

Vídeo da apresentação sobre "Curadoria Digital e de Conteúdos: aspectos conceituais e práticos", apresentado pela professora Laura Vilela Rodrigues Rezende, doutora em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília (UnB). Atualmente é professora da Universidade Federal de Goiás (UFG). Possui experiência nas áreas de Tecnologias da Informação e Comunicação realizando estudos sobre os seguintes temas: Redes sociais de Comunicação, Preservação Digital, Curadoria Digital, Inclusão social e digital, Mediação da informação, Alfabetização em Informação, Gestão da Informação e do conhecimento, Inteligência competitiva, Inovação tecnológica, Recursos Educacionais Abertos (REA), Repositórios Digitais.13 de julho 2016.

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________

6º DEBATE: A CURADORIA DIGITAL E NOVAS TECNOLOGIAS

DIA: Quarta-Feira dia 22 de junho de 2016

HORÁRIO: 14h a 15h

APRESENTADOR: Charlley Luz.

Charlley Luz, arquivista. Possui pós-graduação em Gerência de Sistemas e Serviços de Informação pela FESP-SP. Especialista em projetos de ambientes digitais, equilibra sua atuação como consultor e como professor convidado e palestrante. É autor do livro Arquivologia 2.0: a informação humana digital e do livro Primitivos Digitais: uma abordagem arquivística. É orientador acadêmico para formando em gradução e pós-graduação da FESP-SP.

_________________________________________________________________________________________________________

5º DEBATE: OS 3 PASSOS DA DIGITALIZAÇÃO

DIA: Quarta-Feira dia 25 de maio de 2016

HORÁRIO: 14h a 15h

APRESENTADOR: Rafael Cobbe Dias

Possui graduação em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Santa Catarina. Tem experiência na área de digitalização, gerenciamento eletrônico de documentos, preservação digital e tecnologia da informação. Possui CompTIA CDIA+ Certification e trabalha com GED/ECM, supervisionou o projeto Biblioteca Universitária BU/UFSC que teve como objetivo a digitalização de 25.000 obras (teses e dissertações). É pesquisador pelo IBICT - Instituo Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia, professor e representante da região sul da rede Cariniana de preservação digital do IBICT. É bibliotecário no Grupo educacional UNINTER e gerência a digitalização das obras raras do museu da imagem e do som (MIS) Curitiba.

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________

4º DEBATE - DIGITALIZAR NÃO É PRESERVAÇÃO DIGITAL

DIA: Quarta-Feira dia 11 maio de 2016

HORARIO: 14h a 15h

APRESENTADOR:  João Paulo Moraes de Andrade

Graduado em História  e é mestrando em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Pernambuco - UFPE

_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

3º DEBATE - PRESERVAÇÃO DA ARTE DIGITAL

DIA: Quarta-Feira dia 27 de abril de 2016

HORARIO: 14h a 15h

APRESENTADOR: Pablo Gobira 

Professor da Escola Guignard (UEMG). Membro pesquisador e gestor de serviços da Rede Brasileira de Serviços de Promoção Digital do IBICT/MCTI. Coordenador do grupo de pesquisa (CNPq) Laboratório de Poéticas Fronteiriças [LabFRONT]. Coorganizador dos livros Jogos e sociedade (2012) e Lado B (2011). Pesquisador dos grupos Imaginário: poéticas computacionais, Cinema, Televisão, Vídeo e Novas tecnologias e do Núcleo de Estudos dos Acervos de Escritores Mineiros. Atua na curadoria, criação e produção no campo da cultura e artes digitais e captação de recursos nas áreas de ciências, artes e cultura. É coordenador do Programa Institucional de Extensão (UEMG) Direitos à Produção e ao Acesso à Arte e à Cultura.

_________________________________________________________________________________________________________

Fim do conteúdo da página