Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Lista de Formatos Preserváveis

Publicado: Sexta, 02 de Junho de 2017, 09h06

Lista Formatos Preserváveis

NOME DESCRIÇÃO  ADEQUAÇÃO PARA PRESERVAÇÃO
Advance Audio Coding (.mp4, .m4a, .aac) É um esquema de codificação para compressão com perda de dados de som digital. Projetado para ser o sucessor do formato MP3. Média adequação para preservação
AIFF com Pulse-code modulation (.aif, .aiff) É o formato de áudio que pode ser utilizado em computadores pessoais e outros aparelhos eletrônicos reprodutores de áudio. É normalmente usado em aparelhos com o Mac OS e em computadores Silicon Graphics. Pode ainda ser manipulado por aplicativos musicais e de samples, como controladores MIDI. A extensão do arquivo para o formato AIFF é .aiff ou .aif. Alta adequação para preservação
AVI sem compressão (.avi) É um formato encapsulador de áudio e vídeo criado pela Microsoft cuja extensão oficial é .avi. AVI é uma forma de associação de entrelace de áudio e vídeo, cada um deles em suas respectivas proporções e particularidades. É um espaço em que se guarda informação. O AVI pode conter uma faixa de vídeo codificada em um codec qualquer e na mesma faixa é possível associar um áudio em MP3. Alta adequação para preservação
BMP (.bmp) É um formato de gráficos por mapa de bits (composto por pixels) também chamado em inglês de raster e, portanto gerando arquivos grandes e não compactados evita-se o uso do mesmo em aplicações que exijam tráfego rápido de dados como na Internet, pois o formato padrão gráfico na Web são o JPG ou JPEG, PNG e o GIF. Média adequação para preservação
Cascading Style Sheets (.css)  É uma especificação que define como os elementos que compõem uma página, um documento ou aplicação Web serão exibidos. é um simples mecanismo para adicionar estilo (cores, fontes, espaçamento etc).  Média adequação para preservação
Computer Graphic Metafile e WebCGM (.cgm) O CGM fornece um meio de troca de dados gráficos para representação por computador de informações gráficas 2D independentes de qualquer aplicativo, sistema, plataforma ou dispositivo específico. Média adequação para preservação
Digital Negative (.dng) É um formato de imagem RAW utilizado na fotografia digital, desenvolvido em 2004 pela empresa americana de softwares Adobe Systems. Esse tipo de arquivo foi criado com a intenção de padronizar os diferentes formatos de RAW utilizados no mercado pelas diferentes marcas de câmeras, além de unificar o arquivo de imagem com seu script de edição e metadados. Média adequação para preservação
DTD (.dtd) É um conjunto de declarações de marcação que definem um tipo de documento para uma linguagem de marcação da família da SGML (SGML, XML, HTML) Média adequação para preservação
Free Lossless Audio Codec (.flac) É um codec de compressão de áudio sem perda de informação. Ele não remove nenhuma informação do fluxo de áudio, mantendo a qualidade do som, podendo comprimir um arquivo de CD em até 50%, inferior aos até 80% do seu maior concorrente MP3, em razão da total fidelidade ao arquivo original. Média adequação para preservação
GIF (.gif) O GIF utiliza compressão de dados LZW, mais eficiente que o run-length encoding usado por formatos como o PCX e o MacPaint, o que permitia que imagens relativamente grandes sejam baixadas num tempo razoável, mesmo com modems muito lentos. Média adequação para preservação
HTML 4.x incluindo declaração de DOCTYPE (.html) HTML é uma linguagem de marcação utilizada na construção de páginas na Web, e DOCTYPE em informatica é a declaração do tipo de documento em formatos como o HTML. Usa-se muito em linguagens de marcação como declarador do formato. Média adequação para preservação
HTML, XHTML ou XML, contendo referência para o DTD ou esquema de validação de formato (.html, .xhtml, .xml)  XHTML, sigla para EXtensible HyperText Markup Language, significa Linguagem Extensível para Marcação de Hipertexto. É uma linguagem de construção de páginas na internet criada a partir da linguagem HTML (versão anterior) juntamente com a linguagem XML, transformando-se em uma linguagem padronizada para web. XML (eXtensible Markup Language) é caracterizada como uma linguagem flexível e dinâmica que pode ser escrita em diversos formatos e interpretada com facilidade. Alta adequação para preservação
HTML, XHTML ou XML, sem referência para o DTD ou esquema de validação de formato (.html, .xhtml, .xml)  XHTML, sigla para EXtensible HyperText Markup Language, significa Linguagem Extensível para Marcação de Hipertexto. É uma linguagem de construção de páginas na internet criada a partir da linguagem HTML (versão anterior) juntamente com a linguagem XML, transformando-se em uma linguagem padronizada para web. XML (eXtensible Markup Language) é caracterizada como uma linguagem flexível e dinâmica que pode ser escrita em diversos formatos e interpretada com facilidade. Média adequação para preservação
JPEG/JFIF (.jpg) É um formato de arquivo de imagem padrão. É um formato para a troca de arquivos JPEG codificados em conformidade com o Formato de Intercâmbio JPEG (JIF) padrão. Ele resolve alguns das limitações JIF em relação à simples arquivo JPEG de codificação de intercâmbio. Como com todos os JIF compatível com arquivos de dados de imagem em arquivos JFIF é compactada usando as técnicas em JPEG padrão, portanto, JFIF é por vezes referido como "JPEG/JFIF". Média adequação para preservação
JPEG2000 usando compressão com perdas de informação (.jp2) O JPEG2000 integra os quatro modos de operação do JPEG permitindo a codificação com e sem perdas usando o mesmo algoritmo, decodificação progressiva da imagem por "Resolução espacial", "SNR" ou "Componentes". Média adequação para preservação
JPEG2000 usando compressão sem perda de informação (.jp2) É um padrão de compressão de imagens de alta definição criado em 1999. Este tipo de compressão utiliza métodos de lógica difusa para criar os dados de origem (que são os dados em que as imagens provêm e não são descartados). Pode compactar até 90% do arquivo original sem perder a qualidade de imagem, pois os pixels não são gerados aleatoriamente na tela, e sim com um cálculo geométrico em que as cores primárias e o RGB ficam paralelos ao eixo central do arquivo. Alta adequação para preservação
Motion JPEG (.avi, .mov) Audio Video Interleaved, conhecido por suas iniciais AVI, é um formato de contêiner multimídia introduzido pela Microsoft. Os arquivos AVI podem conter dados de áudio e vídeo em um contêiner de arquivo que permite a reprodução de áudio com vídeo síncrono. Como o formato de vídeo em DVD, os arquivos AVI suportam vários canais de áudio e vídeo. Alta adequação para preservação
Motion JPEG 2000 (ISO/IEC 15444-4) (mj2) Como os outros formatos de arquivo JPEG 2000, os arquivos MJ2 são estruturados como uma seqüência de objetos chamados caixas. Ao contrário dos outros formatos JPEG 2000, o MJ2 é baseado no formato de arquivo de mídia base ISO. Codestreams no Motion JPEG 2000 arquivos são JP2 codestreams, conforme definido para JPEG 2000. Alta adequação para preservação
MP3 (MPEG-1/2, Layer 3) (.mp3) O MP3 (MPEG-1/2 Audio Layer 3) foi um dos primeiros tipos de compressão de áudio com perdas quase imperceptíveis ao ouvido humano. O seu bitrate (taxa de bits) é da ordem de kbps (quilobits por segundo), sendo 128 kbps a taxa-padrão, na qual a redução do tamanho do arquivo é de cerca de 90%. A taxa de bits pode chegar a até 320 kbps (cerca de 2,3 MB/min de áudio), gerando a máxima qualidade sonora do formato, na qual a redução do tamanho do arquivo é de cerca de 75%. Média adequação para preservação
MPEG-1,MPEG-2 (.mpg, .mpeg) MPEG-1 é um padrão para compressão com perdas de vídeo e áudio. Ele é projetado para comprimir o vídeo digital bruto e a qualidade do VHS de até 1,5 Mbit / s (relações de compressão 26: 1 e 6: 1, respectivamente sem perda de qualidade excessiva, fazer CDs de vídeo, TV digital a cabo / satélite e Transmissão de áudio digital (DA  B) possíve
MPEG-2 é um padrão para "a codificação genérica de imagens em movimento e informações de áudio associadas". Ele descreve uma combinação de compressão de perdas de dados e métodos de compressão de dados de dados com perdas, que permitem armazenamento e transmissão de filmes usando mídia de armazenamento atualmente disponível e largura de banda de transmissão.
Média adequação para preservação
MPEG-4 (.mp4) É um padrão utilizado primeiramente para compressão de dados digitais de áudio e vídeo (AV). Introduzido no final de 1998, é a designação para um grupo de padrões de codificação de som e vídeo e tecnologia relacionada de acordo com a ISO/IEC Moving Picture Experts Group (MPEG). Média adequação para preservação
Office Open XML (.docx) Os Formatos XML do Office são formatos de arquivo totalmente editáveis para o Office Word 2007, o Office Excel 2007 e o Office PowerPoint 2007. Embora eles tenham semelhanças na maneira de usar o XML e a compactação ZIP, eles são diferentes quanto ao design e ao uso pretendido do formato de arquivo.  Média adequação para preservação
Ogg Theora (.ogg, .ogm, .ogv) É um formato livre de encapsulamento de multimédia ou arquivo recipiente orientado a stream que é muito utilizado na internet através de rádios ao vivo e carregamentos de vídeos em que não precisa ter todo o video baixado para começar a vê-lo. Theora - Baseado no formato VP3 que possui a extensão de arquivo .ogv, adaptado para o formato Ogg Theora (vídeo streaming/internet/televisão na internet) possui a extensão do arquivo .ogg. Média adequação para preservação
Ogg Vorbis (.ogg, .oga) Vorbis é uma tecnologia que por meio de um algoritmo grava música e voz consumindo pouco espaço virtual no meio de registro, como por exemplo um disco rígido. Alta adequação para preservação
Open Document Text (.odt) Os formatos utilizados pelo Microsoft Office são proprietários. Isso significa que, para criar uma aplicação que faça uso dessas extensões, é preciso pagar. Por isso, o ODT foi criado. Trata-se de um formato livre e aberto para a comunidade. Qualquer pessoa que queira desenvolver uma aplicação com suporte às extensões do tipo OD pode fazê-lo sem se preocupar com direitos autorais. Alta adequação para preservação
Open Office Text Document (.sxw) SXW é uma extensão de arquivo para um formato de arquivo de documento de texto OpenOffice.org. Os programas que podem abrir arquivos SXW incluem StarOffice Writer e OpenOffice.org Writer. Para abrir um arquivo SXW no Microsoft Word, geralmente é possível renomeando-o como um arquivo DOC. Média adequação para preservação
PDF com fontes embebidas (.pdf) Formato criado pela Adobe, atualmente é um dos padrões utilizados na informática para documentos importantes, impressões de qualidade e outros aspectos. Pode ser visualizado no Adobe Reader, aplicativo mais conhecido entre os usuários do formato. Média adequação para preservação
PDF/A-1 segundo a norma ISO 19005-1 (.pdf) Para padrão de arquivamento para preservação de longo prazo. Alta adequação para preservação
PNG (.png) É um formato de dados utilizado para imagens, que surgiu em 1996 como substituto para o formato GIF, devido ao facto de este último incluir algoritmos patenteados. permite comprimir as imagens sem perda de qualidade e retirar o fundo de imagens com o uso do canal alfa.  Alta adequação para preservação
QuickTime Movie sem compressão (.mov) QuickTime é uma estrutura multimídia extensível desenvolvida pela Apple Inc., capaz de lidar com vários formatos de vídeo digital, imagem, som, imagens panorâmicas e interatividade. O QuickTime consiste em dois principais subsistemas: o Movie Toolbox eo Image Compression Manager. O Movie Toolbox consiste em uma API geral para lidar com dados baseados no tempo, enquanto o Image Compression Manager fornece serviços para lidar com dados de rasteros compactados produzidos por codecs de vídeo e fotos. Alta adequação para preservação
Rich Text Format 1.x (.rtf) É um formato de arquivo de documento desenvolvido e de propriedade da Microsoft desde 1987 para intercâmbio de documentos entre diversas plataformas Média adequação para preservação
SGML (.sgml) É uma metalinguagem através da qual se pode definir linguagens de marcação para documentos. Média adequação para preservação
Standard MIDI (.mid, midi) MIDI (acrônimo do inglês Musical Instrument Digital Interface - Interface Digital de Instrumentos Musicais) é um padrão de interconexão física (interface digital, protocolo e conexão) e lógica, que facilita a comunicação em tempo real entre instrumentos musicais eletrônicos, computadores e dispositivos relacionados. Média adequação para preservação
SUN Audio sem compressão (.au) O formato de arquivo de áudio padrão usado por Sun, Unix e Java. O áudio nos arquivos au pode ser PCM ou comprimido com os codecs μ-law, a-law ou G729. Média adequação para preservação
SVG (.svg) Trata-se de uma linguagem XML para descrever de forma vetorial desenhos e gráficos bidimensionais, quer de forma estática, quer dinâmica ou animada. Umas das principais características dos gráficos vetoriais, é que não perdem qualidade ao serem ampliados. Alta adequação para preservação
Texto plano com codificação de caracteres em ISO-8859-1 (.txt) Um arquivo de texto é uma espécie de ficheiro informático que é estruturado como uma sequência de linhas. "Arquivo de texto" refere-se a um tipo de recipiente, enquanto texto plano refere-se a um tipo de conteúdo. ISO-8859-1 é o conjunto de caracteres padrão da maioria dos navegadores. Os primeiros 128 caracteres do ISO-8859-1 é o conjunto original ASCII (números 0-9, etras maiúsculas e minúsculas do alfabeto Inglês e alguns caracteres especiais). Média adequação para preservação
Textos planos usando codificação de caracteres UTF-8, USASCII ou UTF-16 com Byte Order Mark (.txt) Formato de textos que usam codificações padrões para diferentes arquivos. Alta adequação para preservação
TIFF com compressão É um formato de arquivo raster para imagens digitais. Foi criado pela Aldus para uso no processo de impressão PostScript, porém agora é controlado pela Adobe. Transformou-se no formato padrão dos arquivos gráficos (32-bits) com elevada definição de cores. É usado extensamente em aplicações de manipulação de imagem tais como Photoshop, DTP e scanners e também muito utilizado para o intercâmbio de imagens entre as diversas plataformas (hardware: PC, Macintosh, software: Linux, Windows). Há ainda a opção na qual um arquivo .tif ou .tiff tenha mais de uma página dentro de um único arquivo. Média adequação para preservação
TIFF sem compressão Acrónimo para Tagged Image File Format é um formato de arquivo raster para imagens digitais. Alta adequação para preservação
WAV com Pulse-code modulation (.wav, bwf) É um padrão de formato de arquivo de áudio Microsoft e IBM Para armazenar um fluxo de bits de áudio em PCs. É o formato principal usado nos sistemas Windows para áudio bruto e tipicamente descompactado. A codificação de fluxo de bits usual é o formato de modulação de código de pulso linear (LPCM). Alta adequação para preservação

MUNOZ, Augusto Maciel. Preservação digital de acervo: uma análise das políticas e estratégias utilizadas pelas universidades do Rio Grande do Sul. 2011. 63f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biblioteconomia) - Faculdade de Biblioteconomia e Documentação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011. Disponível em: <http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/37473/000819849.pdf?sequence=1>. Acesso em: 29 maio 2017.

 

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página