Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
IBICT

Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia

Publicado: Segunda, 26 de Maio de 2014, 14h58

Órgão nacional de informação, unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação(MCTI), realiza estudos no campo da ciência da informação e temas relacionados

A origem do IBICT remonta ao início da década de 50. Atualmente pode ser considerado referência em projetos voltados ao movimento do acesso livre ao conhecimento como a Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD),  lançada em 2002. A BDBTD possui um acervo de mais de 126 mil teses e dissertações de 90 instituições de ensino. Isso faz dela a maior biblioteca dessa natureza, no mundo, em número de registros de teses e dissertações de um só país.

Em 2005, além de aprimorar os serviços tradicionais, o IBICT ampliou sua atuação ao abranger outros segmentos da sociedade carentes de informação organizada na Web que ainda não faziam parte da sua comunidade de usuários. Criou o Programa de Inclusão Social e passou a utilizar sua expertise em organização, armazenamento e disseminação da informação para apoiar as políticas públicas voltadas ao campo social, notadamente no que diz respeito à implementação de ações diretas no campo da aprendizagem informacional e digital.

A Biblioteca do IBICT foi criada em 1954. Possui um acervo especializado em Biblioteconomia, Ciência da informação e áreas correlatas, formado por monografias, publicações seriadas, anais de eventos, relatórios, memória técnica, documentos eletrônicos, multimeios e obras de referência.  Possui um catálogo online do acervo da Biblioteca e conta com os seguintes serviços:  levantamento bibliográfico sob demanda, pesquisa no Portal de periódicos da Capes, catalogação na fonte das publicações do IBICT, normalização de referências dos periódicos “Ciência da Informação” e “Inclusão Social”, serviços de cópias de documentos por meio do Comut e reprografia, alerta bibliográfico, doação de duplicatas, visita orientada (agendamento prévio) e acesso à Internet para pesquisa.

É importante destacar o projeto de desenvolvimento na área de preservação digital, Rede Brasileira de Serviços de Preservação Digital, o qual está em andamento e visa ampliar cada vez mais a parceria com várias instituições.

Assunto(s): Institucional
Fim do conteúdo da página